Transporte de resíduos perigosos: Como é feito?

Publicado em: 17/11/2022

Transporte de resíduos perigosos

Saiba tudo o que precisa sobre coleta e Transporte de resíduos perigosos

Empresas geradoras de resíduos devem saber como funciona a coleta e Transporte de resíduos perigosos, para que assim, possa fazer, ou, contratar uma empresa capaz de fazer isso dentro da lei. Isso porque, ao fazer isso fora da lei, pode gerar graves consequências, como: Multas, suspensão de atividades e principalmente prisões.

Quando se trata de resíduo perigoso isso se torna ainda mais grave. Afinal, para este tipo de resíduo é necessária mais atenção e cuidado em todo o processo; desde a coleta, acondicionamento, transporte e principalmente na destinação final.

De modo geral, o transporte de resíduos perigosos é um serviço quase exclusivo para indústrias, já que são os resíduos mais usados nos processos de produção.

Primeiramente, vale ressaltar que a resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) – 5232/2016, chegou para evitar prejuízos ao meio ambiente, às pessoas e aos próprios trabalhadores que trabalham com este tipo de transporte.

Se a empresa geradora de resíduos perigosos não tem uma estrutura adequada, a lei permite uma terceirização.

 

Como são classificados os resíduos perigosos?

Classificação de resíduos perigosos

Classificação de resíduos perigosos

Os resíduos perigosos podem ser separados por atributos:

  • Inflamabilidade
  • Toxicidade
  • Patogenidade
  • Corrosividade
  • Reativos
  • Oxidantes
  • Substâncias infectantes
  • Radioatividade
  • Explosivos
  • Toda e qualquer substância ou produto que ofereça perigo a saúde e ao equilíbrio ambiental

Quais precauções as empresas devem tomar em relação ao transporte?

1º Observe e pesquise as condições do veículo mesmo antes de transportar. Veja se a manutenção está em dia, o estado físico e mecânico do transporte.

2º Investigue o volume de tráfego das vias, faça a sinalização e monitoramento de acidentes.

3º Verifique a experiência e certificação do motorista com trabalhos deste tipo.

4º Faça a verificação global dos equipamentos, veículo e matérias que estejam dentro do perfil de segurança de modo a evitar riscos de explosões e acidentes.

5º Adote medidas preventivas.

Como otimizar a segurança destes resíduos durante o transporte?

Sua empresa deve estar atenta a alguns pontos:

Conhecer o material que está transportando

A primeira coisa a se fazer é conhecer o material que está transportando e o seu grau de periculosidade. Dessa forma, você precisa saber quais são as substâncias e componentes que estão presentes no mesmo. Além disso, é necessário que tenha uma dimensão sobre a vulnerabilidade do produto durante o trajeto do transporte.

Zona de transporte e sua distribuição

É necessário que o gerador saiba qual será o trajeto, além do ponto de distribuição dos produtos. Isso porque, há situações onde há desvios de resíduos ou de trajetos, e práticas ilegais. Assim, é de suma importância que se faça um cronograma e solicite rastreamento na hora de transportá-los.

Veja as regulamentações

É de suma importância que se tenha em mãos todos os documentos e registros necessários para evitar problemas com os órgãos responsáveis.

Embalagem

É necessário que verifique as condições das embalagens e os suportes. Isso porque, vale lembrar que os resíduos são de alta periculosidade, e pode oferecer riscos para o meio ambiente e a saúde pública. A empresa deve analisar antecipadamente se há rachaduras ou qualquer tipo de dano, que possa minimizar os riscos. Além disso, é importante manter um alicerce com materiais absorventes, com trancas e com amortecimento, isolando cada item.

Faça a identificação

Todo resíduo deve ser descartado corretamente. Para isso, é necessário que haja uma identificação com descrição detalhada das substâncias presentes. Além disso, deve contar com tabela de informações dos riscos trazidos, caso haja exposição sem precauções.

Treine e aperfeiçoe sua equipe para que todos pensem da mesma forma

Esse é um ponto fundamental para o desenvolvimento do transporte de trabalhos de cargas e resíduos perigosos. Ter profissionais preparados e habilitados para possíveis problemas, e terem competência na hora de gerir as soluções no caso de imprevistos, vazamento ou problemas durante o caminho.

Sinalização do transporte

Lembre-se que sua empresa deve sinalizar cada tipo de resíduo, de acordo com as leis ambientais.

Quais documentos são exigidos por lei para realização do transporte de resíduos perigosos?

  • CIV – Certificado de Inspeção Veicular
  • CIPP – Certificado de Inspeção de Transporte de Produtos Perigosos
  • ANTT – Resolução ANTT 5.232/2006
  • Licença de Transporte Estadual
  • Licença de Transporte Interestadual
  • Licença de Operação
  • Ficha de emergência – NBR 7503:200
  • Plano de emergência e contingência
  • Manifesto de Transporte
  • Carteira Nacional de Habilitação
  • Certificado de Movimentação Operacional de Produtos Perigosos
  • Envelope de Transporte.

Precisando de Soluções? Conte com uma equipe séria que trabalha dentro das leis

A Valoriza Ambiental oferece para os clientes todo o suporte necessário para a realização do gerenciamento e do transporte de resíduos perigosos.

Além disso, cuidamos de toda a parte da documentação junto a sua empresa. Nossos profissionais cuidarão de toda a parte de destinação de resíduos. Nosso intuito é agregar valor a eles, para que assim, você possa receber parte do seu dinheiro de volta.

Gostaria de saber como fazer isso? Preencha o formulário, e entraremos em contato com a sua empresa.